• Av. Prefeito Osmar Cunha 183 | Ceisa Center, Sala 711 A - Centro.
  • atendimento@gicondominial.com.br
  • (48) 3024-2037 | 3030-0037 | 99160-9889

Os 5 principais problemas administrativos no condomínio

  • Home / Os 5 principais problemas administrativos no condomínio

Os 5 principais problemas administrativos no condomínio

Administrar um condomínio exige do síndico saber conciliar uma série de informações e demandas necessárias para um bom gerenciamento. Além disso, é preciso muita observação e atenção para administrar impasses relacionados às mais diversas áreas como financeira, segurança, convivência, entre outros da rotina comum de um condomínio.

Listamos os 5 principais problemas relacionados à administração do condomínio e como solucioná-los.

 

1- Ausência de assembleias

A ausência de assembleias pode causar vários transtornos para o condomínio e ainda estabelecer uma relação ruim entre síndico e condôminos. Por isso, é fundamental para uma boa gestão a realização periódica de assembleias. Esses encontros devem abranger todos assuntos pautados na convocação e, além disso, tratar de assuntos de urgência que podem ser colocados em pauta por algum condômino no momento da reunião. 

2- Ata fraudulenta

É estabelecido por lei que as atas relacionadas a assembleias devem ser redigidas simultaneamente a realização da reunião. Uma ata redigida posteriormente consiste na verdade em um relatório o que a torna totalmente ilegal. Por esse motivo, é importante que durante toda a assembleia algum membro do Conselho Fiscal ou outra pessoa escolhida redija a ata incluindo todos os pontos debatidos.

3- Síndico arbitrário

Utilizar o fundo de reservas do condomínio de forma irregular pode causar grandes transtornos administrativos. Por essa razão é indispensável que o síndico realize assembleias para a aprovação de obras ou taxas extras. Com a autorização e apoio dos demais moradores fica muito mais fácil para o síndico realizar qualquer processo administrativo.

4- Falta de prestação de contas

O síndico gerencia o dinheiro da coletividade, portanto, também é seu dever dar acesso as contas e demais documentações para a conferência dos condôminos sempre que requisitarem. Além disso, o síndico deve realizar anualmente a prestação de contas em assembleia para que todos moradores tenham informações sobre a situação financeira do condomínio.

5- Desvio de função dos empregados

O desvio de função ocorre quando um empregado do condomínio é requisitado para realizar atividades que não estão relacionadas às obrigatoriedades do contrato. Para que isso não ocorra é importante especificar no Regimento Interno que o empregado presta seus serviços ao condomínio e qualquer atividade que o desvie das funções estabelecidas deve ocorrer fora do horário de trabalho e deve ser remunerada pelo solicitante.

Leave Comments

×
Olá 👋Precisa de ajuda?