• Av. Prefeito Osmar Cunha 183 | Ceisa Center, Sala 711 A - Centro.
  • atendimento@gicondominial.com.br
  • (48) 3024-2037 | 3030-0037 | 99160-9889

Cobrando Condôminos – realidade diferente do que imaginamos!

  • Home / Cobrando Condôminos – realidade diferente do que imaginamos!

Cobrando Condôminos – realidade diferente do que imaginamos!

Quando um condomínio não possui um serviço de receita garantida contratado é muito difícil que ele possua uma taxa zero de inadimplência. Dificilmente todas as unidades conseguem pagar a taxa condominial na data certa, e o recebimento da receita do mês pode ficar prejudicado.

Seja com uma inadimplência pequena ou muito grande, o síndico sempre vai precisar se preocupar com uma situação: cobrar condôminos. E todos nós sabemos que esta é uma das piores tarefas da gestão. Ninguém gosta de cobrar e muito menos de ser cobrado.

O que acontece é que na maioria das vezes o síndico acredita que mesmo com uma taxa de inadimplência pequena, ele vai conseguir controlar estas cobranças e realizá-las com facilidade. Esteja certo que isso é um grande engano.

Se você é síndico, saiba que aqui na GI Condominial temos profissionais que já foram síndicos por muito tempo e já passaram por diversas situações que você também deve passar na hora de administrar o condomínio. E conversando com estes profissionais, conseguimos listar alguns problemas comuns na hora de cobrar os condôminos.

Situação Constrangedora 

A situação de cobrança em si é o maior problema de todos. Não se pode nunca esquecer que antes de ser síndico e condômino, a relação existente entre os moradores de duas unidades é a de vizinhos. E ninguém quer se indispor com vizinho algum. E isso vale tanto para quem tem vizinhos que são grandes amigos, como para quem tem vizinhos com os quais você não se dá bem. Cobrar um amigo, ou uma pessoa que você não gosta é constrangedor de qualquer jeito.

Falta de Controle 

Você como síndico precisa ser muito bem organizado para não se perder na hora de realizar as cobranças. Isso porque os pagamentos em atraso podem ocorrer em datas diferentes, e ainda assim, existe o período compensatório de cada banco ou forma de pagamento. Saber quando enviar a carta de aviso, o segundo aviso, cobrar pessoalmente, recobrar, tudo isso pode fugir do controle. E na pior das hipótese, você pode cobrar alguém que já tenha pago.

Perda de Tempo 

Um outro ponto que você já deve ter notado é que existem muitas outras tarefas a serem executadas para você perder tempo com obrigações que podem muito bem ser feitas por uma empresa terceirizada. Ninguém se prepara para ser um síndico, e ao mesmo tempo precisa conseguir lidar com áreas de administração, operacionais, RH, contabilidade e também cobrança. O ideal aqui é que o síndico entenda, que assim como só um profissional consegue consertar o elevador, preparar a folha de pagamento do condomínio ou tratar a água da piscina, uma empresa especializada é a solução ideal na hora de lidar com a inadimplência.

Logística

Se já é difícil você conseguir reunir os condôminos para uma assembleia, imagine para falara sobre atraso no pagamento. O procedimento padrão em uma cobrança possui uma série de etapas e normas que devem ser seguidas para não constranger o condômino inadimplente e não correr risco de, além de ficar sem o recebimento da taxa condominial, ainda deixar que o condomínio acabe com um processo por danos morais. Enviar cartas de aviso, ligações e conversar pessoalmente além de tempo, vai exigir organização e insistência.

 

Deixe a cobrança do seu condomínio com quem entende do assunto. Vamos conversar?

Leave Comments

×
Olá 👋Precisa de ajuda?